sábado, 8 de novembro de 2008

Quereres


Quero-te...

muito
bem...

...para desejar-te
mal.
.
E por desejar-te tanto...
.
...bem
.
Mal...
... por não te ter.

8 comentários:

Van disse...

É tão simples não é?
Beijucas querido.

Vâmvú disse...

E o pior é que é mesmo, Van... (rs). Bjs

Adriano Queiroz disse...

Esta poesia fala de vários sentimentos.
Gostei.

Abraços.

guillermo esteban velasquez disse...

e muito bons este poema, tem simplicidad y fuerza, para falar de os sentimentos contrariados que a veces sentimos por alguen. abrazos gostei. guilhermo desde argentina

Vâmvú disse...

Adriano, obrigado. Sim... e é essa quantidade enorme de sentimentos (contraditórios ou não) que nos move, não?
Abração.

Guillermo, muito obrigado pela visita e pelo coment. Abrazos.

Rubens da Cunha disse...

que bela foto para ilustrar um poema grandioso
abraços

Vâmvú disse...

Obrigado Rubens, sempre. Abração.

Anônimo disse...

pronto chorei. ai não vou ler mais nada hoje. inté.