domingo, 5 de outubro de 2008

Vício


Tonto de amor
embriagado de você.
Mesmo que no dia seguinte
esteja de ressaca...
Droga...
Mal estar e dor de cabeça.
Com meu sangue
cheirando prazer
Quero ser exorcizado.
Chapado de desejo,
viciado em você.
Impregnado, até o coração.
Que seja feita
uma sangria.
Que descubram um remédio...
Droga...
Que inventem uma vacina...

Que me curem de você.

2 comentários:

Chá de Fita disse...

AMOR, A MAIS VICIANTE DE TODAS AS DROGAS

Ricardo Valente disse...

Bah... se puxou... ou não.. sei lá... muito bom! 10