sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Lágrima

Gota d'água
que transborda
do copo
Como se fosse
Vida
que transforma
A alma
que transfere
A dor, o som
A cor, o dom
Como se fosse
Um eco
do copo
do corpo
que transborda
Água...
Como se fosse
Uma gota de alma
que transborda da vida
Como se fosse
Uma gota d'água
que transborda
do copo...
do corpo...
da vida...

2 comentários:

tossan disse...

Gosto muito deste teu jeito de fazer poesia. Abraço

Vâmvú disse...

Obrigadão, Tossan.
Abçs.