quinta-feira, 16 de abril de 2009

Vida passageira...



É interessante como algumas pessoas passam pela vida da gente...
Algumas ficam para sempre e outras apenas passam... por breves períodos... e se vão.
Ainda que pensemos que ficarão para sempre... ficam apenas por alguns instantes.
Uns deixam marcas e só marcas apenas... e de outros nem as lembranças ficam...

É estranho pensar nisso...
Mas é exatamente desse vai-e-vem de pessoas em nossas vidas que a gente é feito.
De todos os sentimentos que essas pessoas suscitaram, de todas as alegrias e de todas as tristezas e decepções também...

Por mais que eu acredite realmente que somos feitos dessas marcas que carregamos em nossa alma, superficiais ou profundas, perpétuas ou passageiras... fica uma tristeza... uma melancolia eu diria...

É triste pensar em algumas pessoas (que só nos vem à memória por um acaso hoje em dia), que na época em que passaram por nós, nos pareciam imprescindíveis... vitais.
E hoje, depois de um tempo passado, nos damos conta de que não... eram só passageiras...
Passageiras de uma vida... passageira... como a vida.
.
É triste...

5 comentários:

Korea-Seoul-Map disse...

It's a great blog!
Have a great day! ^^

J. Avellaneda disse...

é, meu caro lomas...
gostei do poema, porque é verdade.
é um pensamento bonito, esse que vc colocou aí, e nem sei se é triste, olhando bem de perto.
a forma anda diferente do teu usual... sempre bom mudar...

well, have a great day. :P

abrasssssssssssssssssssss

J. Avellaneda disse...

cacetchê,
na mesma hora...rs

é, sempre madrugada adentro...
iahiuahaiuhaua

mas já é hora de dormir por aqui...
amanha vou tocar com o meu coroa, daí tenho que cedo ir passar o som, etc...
ele é músico, daí eu acompanho, às vezes.

bom, agora to com net em casa de novo...
eventualmente a gente se cruza no msn, na madruga. rs

abração, rapaz,
e se cuida aí!

Fernanda Fernandes Fontes disse...

É melhor perceber que uma pessoa é passageira, assim como a importância dela, do que sentí-la eterna e isso não ser significativo para seu alvo amor. Esquecer pode ser uma dádiva.

Bjs

Ricardo Valente disse...

Lomas, o mais difícil é achar a sua tribo, por n razões. Uma delas é que vivemos delimitados. Lá adiante pode estar alguém superlegal, que você nunca vai conhecer. Ningém muda ninguém. Relações têm que ser naturais, caso contrário serão efêmeras. Pena as que deixam de acontecer por uma vida inteira.
Abraço!